Tag: alimentos funcionais

A reinvenção dos alimentos funcionais

Alimentos funcionais são tendência há alguns anos. Eles evoluem constantemente e são reinventados na medida em que as pesquisas científicas são desenvolvidas. Consequentemente, as indústrias incorporam esses alimentos em seus produtos, oferecendo diversos benefícios à saúde. Nos últimos anos, vimos o surgimento, esquecimento e a volta de diversos alimentos e ingredientes funcionais como a fibra alimentar, que teve sua primeira alegação de saúde aprovada pela agência americana Food and Drug Administration (FDA) em 1994. Após 25 anos, graças ao avanço dos conhecimentos sobre microbiota intestinal, a fibra nunca esteve tão em voga, juntamente aos probióticos.

A pandemia do coronavírus 2019 (covid-19) também contribuiu muito para o aumento da atenção a alimentos funcionais. Dada a importância do reforço do sistema imunológico para combater doenças infecciosas e a falta de previsão de vacina para toda população, a alimentação funcional emergiu como ótima estratégia para auxiliar no bom funcionamento do sistema imunológico. A pesquisa Galunion e Qualibest realizou uma entrevista sobre alimentação na pandemia com 1.108 pessoas, e 75% delas mencionaram optar por comida saborosa, fresca e com propriedades que ajudem na melhora da imunidade e no estado geral de saúde.

Agora mais do que nunca, alimentos funcionais e seus diversos benefícios são importantes e agregam propriedades que podem auxiliar na prevenção e tratamento de diversas condições. Dentre elas, podemos destacar: redução do colesterol, controle de peso, prevenção e redução do risco de doenças cardíacas, câncer, osteoporose, diabetes e doenças renais (condições que se mostraram como fatores de risco para um pior quadro de COVID-19).

A preocupação com a saúde tem sido um dos maiores impulsionadores dos alimentos funcionais no mercado, e esse valor agregado demonstra ter importância decisiva na compra de alimentos e bebidas. O mercado desses alimentos foi estimado em aproximadamente USD$ 68 bilhões em 2018, e tem projeção de USD$ 94,1 bilhões para 2023 (Market and Markets). Para atender a essa demanda, a indústria tem utilizado pesquisas e implementação de novas tecnologias para desenvolver produtos com características funcionais e maior densidade nutricional. Assim, muitos alimentos ganharam versões com menos calorias ou com adição de proteínas, fibras, vitaminas e minerais.

Neste cenário, muitas empresas foram consideradas visionárias mentais para o desenvolvimento do setor de ingredientes funcionais, especialmente por desenvolver um papel educativo, mostrar benefícios com respaldado científico e valorizar o contato com seus consumidores.

Perspectivas e Opinião da NutriConnection

  • Independente da estratégia adotada com alimentos funcionais, os benefícios entregues e comunicados aos consumidores devem ser claros. Assim, haverá um reconhecimento maior da marca e, consequentemente, maior fidelização dos consumidores.
  • A imunidade é uma tendência que permanecerá à medida que os consumidores enxerguem valor no seu consumo contínuo. A diversificação de produtos com este propósito para além dos suplementos deverá ser chave em 2021.
  • Olhar para a biodiversidade local se tornará cada vez mais importante, no sentido de resgatar as heranças culturais do país e da região (com respaldo científico) e trabalhar cada vez mais com a sustentabilidade local.
  • O mercado de suplementos ainda tem grande potencial de crescimento e a divulgação para os profissionais da saúde é muito importante, já que 69% dos consumidores de suplementos os utilizam por recomendação destes profissionais. Portanto, a comunicação das marcas e dos ingredientes/compostos também deve ser aprofundada para este público (fonte: ABIAD)
  • Cada vez mais é importante o investimento na melhora da palatabilidade de alguns ingredientes. Com isso, novas formas de apresentação deverão surgir no mercado. A espirulina é um exemplo de produto completo, mas que devido ao seu sabor amargo, pode não agradar a muitos paladares.
  • Em relação às formas de apresentação, o formato de gomas, sachês e outros tipos de embalagens individuais e personalizadas abrem portas para que os suplementos possam ficar mais próximos da categoria de alimentos, contribuindo para um consumo mais disseminado. 

Material desenvolvido por NutriConnection

ABIAD – Brazilian Association of The Industry of Food for Special Purposes and Similars

Galunion

Por Ary Bucione

Aproveite para conhecer nosso Curso de Funcionais, clicando aqui.