Papel dos ácidos graxos ômega-3 no Metaboloma de Idosos saudáveis

Ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 (n3-PUFA) são reconhecidos por seu potencial efeito anti-inflamatório e redutor de triglicérides plasmáticos, porém sua influência em outros processos biológicos, particularmente no contexto do envelhecimento saudável, permanece pouco explorado. 

Recentemente, os pesquisadores de Minesota – EUA realizaram uma análise metabolômica (estudo de metabólitos produzidos pelo organismo) em amostra de sangue periférico coletado em jejum de 12 adultos (18 – 35 anos) e 12 idosos (65 – 85 anos) antes e após suplementação de n3-PUFA (3,9 g/dia – 2,7 g EPA e 1,2 g DHA), com o objetivo de identificar efeitos biológicos menos característicos do n3-PUFA em idosos saudáveis. 

A metabolômica do plasma sanguíneo periférico foi realizada utilizando múltiplas plataformas analíticas incluindo a ressonância magnética nuclear de prótons (1H-RMN), cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas (GC-MS) e cromatografia líquida de massa (LC-MS) para analisar perfis e quantificação de pequenos metabólitos.

A análise de subclasses de lipoproteínas por 1H-RMN revelou que a suplementação de ômega-3 reduziu triglicérides totais e número de partículas VLDL. Adicionalmente, foi observado um aumento modesto nos níveis plasmáticos de HDL e alterou a composição das subclasses de HDL. 

O perfil de metabólito adicional por 1H-RMN e GC-MS revelou alterações celulares pronunciadas em fosfolipídios, ésteres de colesterol, diglicerídios e triglicerídios após suplementação com n3-PUFA. Além disso, alterações significativas na hidroxiprolina (aminoácido essencial presente no colágeno), quinurenina (metabólito do aminoácido L-triptofano) e ácido 3-carboxi-4-metil-5-propil-2-furanpropiônico -CMPF (inibidor de proteínas urêmicas tóxicas) após a suplementação de n3-PUFA fornecem uma visão adicional sobre alguns efeitos biológicos menos reconhecidos da suplementação de n3-PUFA, incluindo possíveis efeitos no metabolismo de proteínas, na via da quinurenina e no metabolismo da glicose.

Referência: Xyda SE, Vuckovic I, Petterson XM, et al. Distinct influence of omega-3 fatty acids on the plasma metabolome of healthy older adults. J Gerontol A Biol Sci Med Sci. 2019.

Por: Jana Grenteski