Intervenções para melhorar a sarcopenia na cirrose hepática

A sarcopenia é uma complicação bem conhecida da cirrose e está associada ao aumento do tempo de hospitalização e da taxa de morbimortalidade. Estudos recentes têm apontado a sarcopenia como preditora independente de baixa sobrevida em pacientes cirróticos com ou sem câncer hepatocelular.

Em recente revisão sistemática, pesquisadores avaliaram as evidências relacionadas a intervenções nutricionais, hormonais e no estilo de vida na população de cirróticos. Foram avaliados o efeito de suplementação nutricional, exercício físico, estilo de vida, reposição hormonal com testosterona e TIPS (derivação intra-hepática portossistêmica) na síntese de massa muscular, força e função física em pacientes com cirrose.

Foram incluídos 24 estudos randomizados controlados, caso controle e longitudinal que relataram uma relação positiva entre as intervenções sugeridas e melhora da massa muscular. Pesquisadores encontraram que existem fortes evidências da suplementação de BCAA (leucina, isoleucina e valina) na melhora da síntese proteica, no metabolismo de glicose e lipídios, proliferação de hepatócitos, diminuição do estresse oxidativo em hepatócitos e melhora a resistência à insulina.

Dados existentes sobre os efeitos do exercício na cirrose foram limitados, especialmente em pacientes com cirrose descompensada, devido ao risco de indução de estresse oxidativo. Para TIPS, não foram encontradas recomendações e a testosterona deve ser usada com cautela, devido aos efeitos colaterais conhecidos do aumento dos riscos de câncer.

Antes de concluir, os autores do estudo apontaram pontos fortes e limitações dessa revisão; como a inclusão de estudos que foram realizados em pacientes com cirrose compensada (principalmente exercício, suplementação nutricional e estilo de vida) e descompensada (principalmente TIPS). Como limitação, a heterogeneidade da população com diversas causas de cirrose (infecção crônica por hepatite C, cirrose alcoólica, hepatite autoimune e cirrose biliar primária). Tomados em conjunto, concluiu-se que, embora a qualidade das evidências seja baixa, os achados desta revisão sistemática sugerem melhora da sarcopenia na cirrose com melhora do estilo de vida e intervenções nutricionais. Mais estudos prospectivos, com abordagem na modalidade de multitratamento, são necessários.

Referência: Maliha Naseer, et al. Interventions to improve sarcopenia in cirrhosis: A systematic review. World J Clin Cases. 2019 Jan 26; 7(2): 156–170.

Por: Jana Grenteski