Efeitos da Deficiência de Vitamina D sobre o Risco de Incidência de Diabetes Mellitus Gestacional: Uma Revisão Sistemática e Meta-análise.

A nutrição apropriada é importante para a saúde geral reduzindo seus custos associados à desnutrição. Muitos estudos investigaram a deficiência de vitamina D e seu papel no diabetes mellitus gestacional (DMG), entretanto, os dados ainda são controversos. Uma consideração abrangente dos artigos neste campo fornece a possibilidade de um estudo geral desta relação. Esta meta-análise avaliou a relação entre deficiência de vitamina D e DMG em 26 estudos que foram selecionados e incluídos na análise final. Esta relação foi medida usando odds ratios (ORs) com um intervalo de confiança (IC) de 95%. Os resultados mostraram que em geral, a deficiência de vitamina D nas mães pode estar relacionada ao aumento do risco de DMG (OR = 1,18; IC 95%, 1,01-1,35; p <0,001). O nível sérico de 25 (OH) D mostrou-se menos significativo em pessoas com DMG do que naquelas com tolerância normal à glicose. A análise de subgrupos mostrou que os resultados relativos a esta associação podem variar de acordo com o desenho do estudo, mas não mudam com o país de origem. Os autores do estudo concluíram que algumas evidências mostraram que a deficiência de vitamina D pode aumentar o risco de DMG.

 

REFERÊNCIA: Amraei M et al. Effects of Vitamin D Deficiency on Incidence Risk of Gestational Diabetes Mellitus: A Systematic Review and Meta-analysis. Front Endocrinol (Lausanne). 2018 Feb 1;9:7.