Influência da alimentação ocidental na microbiota intestinal de indivíduos veganos, vegetarianos e onívoros: um estudo transversal

O padrão alimentar e o estilo de vida têm uma forte influência sobre a microbiota intestinal. Apesar dos grandes avanços nessa área, ainda não está claro até que ponto a composição da microbiota intestinal é modulada pela ingestão de produtos derivados de animais, em comparação com uma dieta à base de vegetais.

Estudo publicado esse mês na revista Frontiers in Microbiology, investigou a composição da microbiota intestinal de 101 indivíduos distribuídos em grupos homogêneos para variáveis conhecidas por terem um papel na modulação da composição microbiana do intestino, como idade, variáveis antropométricas, etnia e localização geográfica. Os participantes foram categorizados em três grupos sendo: 26 veganos (não consumiam nada de origem animal), 32 vegetarianos (consumiam ovos e lácteos) e 43 onívoros. Todos os participantes foram avaliados quanto ao estado nutricional, conforme o índice de massa corporal (IMC) e análise de bioimpedância elétrica. Dados quantitativos e qualitativos sobre a ingestão dietética habitual foram avaliados e amostra fecal coletada para análise.

Em relação à microbiota intestinal, os vegetarianos tiveram uma riqueza significativamente maior em comparação aos onívoros. Além disso, o número de bactérias do tipo Bacteroidetes foi maior em veganos e vegetarianos em comparação com os onívoros. Curiosamente, considerando toda a composição da comunidade bacteriana, as três coortes foram muito semelhantes, provavelmente devido à sua ingestão comum em termos de nutrientes, por exemplo, pelo maior teor de gordura e redução da ing

estão de proteínas e carboidratos na dieta. Esse achado sugere que escolhas alimentares influenciam a microbiota, mas não permitem inferir conclusões sobre a composição da microbiota intestinal. Os autores concluem que as pesquisas em que os indivíduos são categorizados com base em seus tipos de alimentação são de uso limitado para estudos científicos, pois precisam de mais variáveis relacionadas ao estilo de vida geral para uma melhor interpretação do perfil da microbiota intestinal.

Referência: Losasso C et al. Assessing the Influence of Vegan, Vegetarian and Omnivore Oriented Westernized Dietary Styles on Human Gut Microbiota: A Cross Sectional Study. Front Microbiol. 2018: 5;9:317.